Escolha uma Página

Faça Perguntas

Com uma tremenda vontade de ajudar, é possível que tenhamos em mãos regras e respostas para que o outro encontre o caminho e seja feliz.

Soluções rápidas, a partir de experiências pessoais, são comuns entre nós quando pretendemos auxiliar alguém. Afinal, se funcionou com a gente, por que razão não encontraríamos bons resultados em situações parecidas.

Ao encontrar um homem cego à beira do caminho, Jesus perguntou: “o que é que você quer que eu faça?”

A resposta podia parecer óbvia diante daquele contexto. Por que perguntar a uma pessoa sem visão o que mais desejava? Porém, o questionamento revelava respeito e propunha autonomia pessoal. O que de fato aquele homem tinha a dizer sobre sua condição e quais suas expectativas futuras?

Neste sentido, quem sabe, ao invés de dizer o caminho que o outro deve seguir, que seja nosso primeiro movimento perguntar a ele onde pretende chegar.

Aprendamos com Jesus. Façamos importantes e libertadoras perguntas, sempre que necessário.

Share This

Compartilhe!

Compartilhe pequenas mensagens de esperança em suas redes sociais ;)